CHICLE DE CANELA CON SABOR A CENICERO: YO FRAGMENTADO EN UNA PROPUESTA ARTIVISTA



Congresso Maricorners 

Madrid Maio de 2023

https://maricorners.es/inicio/

https://maricorners.es/envio-de-propuestas/


comunicação:


Chiclete de canela com sabor a cinzeiro:

escrevivências de um Eu fragmentado numa proposta artivista


Paulo Brazão

Esta comunicação constitui uma proposta artivista no contexto educacional e pretende discutir a intrusão dos conceitos de identidade e humanidade, na relação entre o Eu e os outros, através da matéria reflexiva sobre a inclusão da diversidade. Defende-se que os conceitos de humanidade e identidade mantêm uma interdependência, durante a experienciação individual e coletiva do EU. Do ponto de vista metodológico adota-se o termo escrevivências oferecido pela mão da escritora mineira, Maria da Conceição Evaristo Brito (2020).


Referências

Colling, L. (org) (2019). Artivismos das dissidências sexuais e de gênero. EDUFBA

Oliveira, M. (2018). Educação dos sentidos e das sensibilidades: entre a moda acadêmica e a possibilidade de renovação no âmbito das pesquisas em história da educação. História da Educação (Online), Porto Alegre, V.22, n.55, maio/agosto. p. 116-133.

Santana, Ayrine; Social, Itaú e Zapparoli,  Alecsandra. Conceição Evaristo “A escrevivência serve também para as pessoas pensarem” Rede Galápagos, São Paulo. 9/11/2020 . Disponível em:

 https://www.itausocial.org.br/noticias/conceicao-evaristo-a-escrevivencia-serve-tambem-para-as-pessoas-pensarem/?utm_source=pocket_saves


.....................


MARICORNERS 2022